Huma

77% dos executivos brasileiros dedicariam menos tempo ao trabalho

Mercado
08/07/2014

A 3ª Edição da Pesquisa Empresa dos Sonhos dos Executivos, realizada recentemente pela consultoria DMRH e a especialista em pesquisa Nextview People, revela que a grande maioria dos executivos (62%) não está satisfeita com a forma como distribuem seu tempo.
 
O estudo, realizado com mais de 4,5 mil empresários, presidentes, diretores e gerentes seniores, de todos os setores da economia, de diversas áreas e de todo o Brasil, questionou também qual é o tempo dedicado para cada atividade diária. Os resultados foram: 36% trabalho e carreira; 20% descanso; 14% família; 8% lazer; 8% educação; 7% saúde e 7% autoconhecimento.
 
A pesquisa perguntou ainda como os executivos redistribuiriam seu tempo, se pudessem. As respostas foram: 77% deles diminuiriam o tempo dedicado ao trabalho e 80% aumentariam o tempo dedicado à família. Atividades físicas e cuidados com a saúde também foram citados como quesitos nos quais gostariam de dedicar uma parcela maior do dia (76%).
 
“Quando a pesquisa avalia a insatisfação apenas das mulheres, o índice é ainda maior: 69% sentem-se sobrecarregadas. Acredito que seja porque elas ainda são, na maioria dos casos, responsáveis pelos cuidados com a casa e com os filhos e se cobram muito por isso”, explica Sofia Esteves, fundadora da consultoria DMRH.
 
Na visão da sócia-diretora da Nextview People, Danilca Galdini, é possível aprender a gerenciar melhor o tempo atribuído a cada atividade. “O autoconhecimento é muito importante para identificar o que é prioridade na vida de cada indivíduo e assim, inclusive, ser mais produtivo em cada esfera”, diz a especialista.
 

Essa notícia foi publicada no site Administradores, em 06/07/2014

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/