Huma

Aos 30 anos, chinesas recorrem à cirurgia plástica para não perderem emprego

Mercado
12/08/2013

Chegar aos 30 anos se tornou um tormento para as profissionais chinesas. Isso porque, no País, cada vez mais mulheres nesta idade estão recorrendo às cirurgias plásticas para aparentarem menos idade e, assim, terem mais chances de competir com outras mais novas no mercado de trabalho, informou o Daily Mail.

Pode parecer exagero para muitas ocidentais, mas as chinesas veem no mercado de cirurgia plástica uma forma de progredir na carreira, já que consideram a beleza um trunfo para a ascensão profissional.

Segundo a publicação, pesquisas mostram um aumento no número de cirurgias plásticas entre trabalhadoras chinesas que acabaram de completar 30 anos. A indústria movimenta nada menos que US$ 2,5 milhões e cresce em uma escala de 20% ao ano.

De acordo com o Daily Mail, a insegurança feminina no mercado de trabalho chinês tem fundamento. O preconceito de idade e de gênero parece ser endêmico no país. Um estudo que comparou as vagas ofertadas na China mostra que 90% delas foram abertas apenas para candidatas com menos de 30 anos. Passar por procedimentos cirúrgicos e parecer mais jovem, no caso, seria uma forma de driblar esse sistema, conclui a publicação.



*Essa notícia foi publicada no site InfoMoney, em 08/08/2013

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/