Huma

Brasil gera quase 210 mil empregos formais e registra melhor fevereiro da história

Mercado
22/03/2010

 

No Brasil, foram geradas 209.425 vagas de trabalho no segundo mês de 2010, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta quarta-feira (17). O resultado é recorde para o mês de fevereiro.

Frente a janeiro, quando o Caged registrou saldo de 181.419 empregos, houve aumento de 0,63% no estoque de assalariados formais registrados.

Em 12 meses, com a criação de 1.478.523 postos de trabalho, houve um incremento de 4,63% frente aos 12 meses anteriores.

De acordo com o Ministério do Trabalho, o resultado mantém a evolução do processo de recuperação do emprego formal, vislumbrado principalmente nos seis meses anteriores.

Crescimento setorial

Na análise mensal, dentre os oito setores de atividades econômicas, todos apresentaram crescimento na geração de empregos formais no mês passado. Em números absolutos, o destaque ficou com Serviços, com alta de 85.607 vagas de trabalho. Porém, a maior variação percentual ficou com Construção Civil, que registrou aumento de 1,50% no número de vagas (+34.735 postos).

Outro destaque do período foi a Indústria de Transformação que apresentou acréscimo de 63.024 postos de trabalho (+0,84%). O Comércio foi o quarto setor que mais gerou emprego no mês, ao responder por 10.682 postos de trabalho.

Os demais setores também registraram aumentos no número de vagas de trabalho em fevereiro: Indústria Extrativa Mineral registrou um aumento de 0,85% no número de empregados (+1.463 vagas), Serviços Industriais de Utilidade Pública teve aumento de 0,52% (+1.830 vagas), enquanto Administração Pública teve alta de 1,10% (8.108 postos) e Agropecuária de (+0,27), com 3.976 vagas.

Análise regional

Ainda segundo os dados do Caged, na análise regional, houve saldo positivo do emprego em 23 das 27 unidades federativas. Apenas Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas apresentaram variação negativa em fevereiro, de -0,10%, -0,22%, -0,23% e -3,71% na ordem. Nesses estados, o saldo de empregos ficou negativo em 295 vagas, 780 vagas, 2.393 vagas e 11.195 vagas, respectivamente.

No restante do País, houve aumento do número de vagas criadas, com destaques para São Paulo (+80.662 ou 0,75% de expansão), Minas Gerais (+27.503 vagas ou 0,78%) e Rio Grande do Sul (+19.718 ou 0,89%).

Considerando as regiões, nenhuma registrou variação negativa, com as seguintes altas: Norte (+11.120 ou 0,79%), Nordeste (2.146 postos ou 0,04%), Sudeste (+120.562 vagas ou 0,67%), Sul (+49.539 ou 0,82%) e Centro-Oeste (+26.058 ou 1,06%).

Essa notícia foi publicada na Info Money, em 17/03/10

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/