Huma

Conselhos para conciliar carreira e maternidade (sem crises)

Mercado
15/05/2012

Sutilmente (e com de uma maneira mais lenta do que esperávamos), mais mulheres estão chegando ao topo das grandes empresas. Para quem decidiu encarar a dupla missão de ser  mãe  e executiva estão reservados alguns bons anos de rotina para lá de malabarista. Mas que pode ser feliz sim, dizem especialistas e mulheres que experimentam esta sina.

“Naturalmente, a gente gosta do assunto família, mas também queremos ser bem sucedidas. É possível ser os dois e ser feliz nos dois papeis”, diz a coach Jaqueline Weigel. Mas como? Confira as dicas abaixo:

Tempo ideal?

Em nome da carreira e com os dedos cruzados pelo momento ideal, há quem adie a estreia na maternidade para o resto da vida. Mas Jaqueline alerta: momento perfeito não existe.

“Livre-se da ilusão de que as condições externas que vão determinar a hora certa para a maternidade”, afirma. “Você que precisa planejar e abrir espaço na sua vida para que isso aconteça”.

Isso significa que, na prática, você terá sim que abrir mão de algumas coisas. Temporariamente. “O mundo não acaba se você perder alguma coisa. Mais para frente outras oportunidades surgirão”, diz a especialista.

Simone Nogueira, diretora de Comunicação Corporativa da L’Oréal Brasil e mãe de Aline (6 anos), é um exemplo disso. Depois do seu casamento, ela levou seis anos para engravidar.

“Muitas vezes, eu planejei, mas recebia a proposta para mudar de área, aí eu desistia”, conta. “Quando decidi que era agora ou nunca e engravidei, novamente fui convocada para mudar de departamento”.

 

Esta notícia publicada na Exame em 13/05/2012

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/