Huma

Dez dicas para combater a ansiedade no trabalho

Mercado
18/02/2014

Prazos, metas para bater, cobranças e muitos afazeres. Quantas vezes você já não sonhou em ter algumas horas a mais no dia para tentar dar conta de todo o trabalho que lhe é atribuído? Não é à toa que a maioria dos profissionais sofre do “mal do século”, mais conhecida como a ansiedade.

Segundo a psicóloga do Vita Check-Up Center, Dra. Márcia Merquior, a ansiedade acaba sendo um mal que, se não combatido, pode causar doenças como depressão e obesidade, além de falta de concentração - o que diminui a produtividade do profissional.

Para quem sofre desse mal, no entanto, nem tudo está perdido. Na opinião da psicóloga, há algumas atitudes que ajudam a combater a ansiedade. Confira quais são elas:

1. Respire fundo sempre que se sentir mais nervoso. Repita a ação por dez vezes. Se for possível, inspire profundamente e expire o mais lentamente que puder.

2. Se o transito estiver ruim, ligue o rádio. Toque suas músicas prediletas, sem se distrair do volante.

3. Se for atingido pela raiva de alguém, não responda de imediato. Respire e pense nos seus sentimentos e nos seus atos. Se for algo que você fez, peça desculpas, se não, diga que é melhor conversarem em outra hora, quando todos estiverem mais calmos. Não caia na armadilha do “bate-boca”.

4. Procure a delicadeza e a gentileza em suas relações no trabalho e em casa. O respeito ao outro, ao seu modo de ser, por mais diferente que seja, prepara o terreno para que você seja respeitado também.

5. Adote uma forma de comunicação sem palavras agressivas. Uma fala mansa e alegre gera um ambiente de convivência mais pacífico, harmônico e confortável para todos, inclusive você.

6. Invista em alguma atividade física aeróbica. Faça pelo menos três vezes por semana, por no mínimo meia hora. Além de melhorar a autoestima, relaxa e alivia as tensões. E caminhe, sempre que for possível.

7. Pratique alongamentos corporais, pelo menos duas vezes ao dia. Estique as pernas e os pés, levante os braços e as mãos, estique e alongue o tronco, deixando-o cair o máximo que puder à frente do corpo. Faça isso pelo menos sete vezes. Ah! E os movimentos devem ser lentos, jamais acelerados para acabar logo.

8. Tire um intervalo para o almoço de pelo menos 30, 40 minutos. Coma bem, mas levemente, e não engula a comida. Mastigue o mais devagar que puder, procurando saborear os alimentos. Depois, tente caminhar um pouquinho para ajudar na digestão.

9. Adote algum hobby no seu dia a dia. Ter pequenos prazeres fortalece a autoestima e fornece a sensação de que também tem direito e não apenas deveres.

10. Cuide de si mesmo como a pessoa a quem mais se ama. Mas cuidado para não se tornar muito individualista ou exibicionista. "É cuidado mesmo, com sua saúde, com sua aparência, com sua proteção, com aquilo que lhe é importante. Não corra riscos desnecessários, só os que realmente valerem a pena, mas com cautela. Tenha limites, preserve-se dos excessos de todo o tipo", finalizou a psicóloga.



*Essa dica foi publicada no site InfoMoney, em 14/02/2014

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/