Huma

Homens e mulheres atraentes são mais chamados para entrevista de emprego

Mercado
16/09/2013

Um estudo italiano mostrou que pessoas atraentes são mais selecionadas para entrevistas de empregos. Segundo o site Business Insider, os pesquisadores enviaram para empresas mais de 10 mil currículos com a mesma qualificação profissional e apenas com nome, endereço e foto diferentes.

Para escolher as fotos, eles selecionaram e modificaram imagens da internet, e pediram para cem estudantes da Universidade de Messina classificarem as pessoas entre atraentes e não atraentes.

A taxa média de retorno foi de 30% em todos os currículos enviados. Para as mulheres atraentes, foi de 54%, e para os homens bonitos, 47%.

As mulheres menos atraentes tiveram os piores resultados e receberam retorno de apenas 7% das empresas. Os homens na mesma situação, de 26%.

A pesquisa reflete os resultados de um outro estudo argentino que utilizou um projeto semelhante. No caso, os pesquisadores utilizaram as mesmas fotos em diferentes currículos, mas modificaram digitalmente os rostos para torná-los cientificamente menos atraente

A qualificação profissional de todos era exatamente a mesma, mas mesmo assim as pessoas atraentes tiveram uma taxa de retorno 36% maior.

Embora pesquisadores italianos e argentinos tenham encontrado vantagens para ambos os sexos, uma pesquisa israelense mostrou que enquanto a beleza pode ser um diferencial para os homens, pode ser motivo de discriminação para as mulheres.

Os israelenses afirmam ter encontrado evidências de que a "inveja feminina de mulheres no local de trabalho" é o principal motivo para isso.


*Essa notícia foi publicada no site Folha de São Paulo, em 10/09/2013

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/