Huma

Ministro defende política de emprego para idosos

Mercado
30/11/-1

 

Em palestra para jovens, Carlos Lupi lembra da necessidade de qualificação da mão-de-obra: "O Brasil vive a mais rápida expansão do emprego formal, e esse crescimento também está gerando a falta de profissionais qualificados"

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, defendeu nesta segunda-feira (05) a adoção de políticas públicas para a reinserção profissional de pessoas com mais de 50 anos. Ao palestrar para 500 alunos do programa Projovem Trabalhador em Taboão da Serra, município da Grande São Paulo, Lupi disse que a falta de mão-de-obra qualificada poderá estimular o retorno de trabalhadores mais experientes ao mercado.

"O Brasil vive a mais rápida expansão do emprego formal, e esse crescimento também está gerando a falta de profissionais qualificados. Em algumas cidades já está difícil contratar pedreiros ou engenheiros", observou. "Com tantos investimentos previstos para a Copa do Mundo e Olimpíadas, penso que esse é um momento muito bom para tratarmos com mais carinho esse segmento da população, que tem muito a ensinar e contribuir".

A palestra do ministro marcou o início dos cursos de qualificação gratuitos oferecidos a dois mil jovens da cidade, através da parceria entre o ministério e a prefeitura. O investimento de R$ 3,1 milhões será destinado a formar os jovens para atuar em profissões como pedreiro, balconista e camareiro. Cada aluno receberá uma bolsa de R$ 600 durante o período das aulas, que têm duração prevista de seis meses.

Lembrando que a renovação do convênio depende da contratação de, no mínimo, 30% dos alunos, o ministro fez um apelo ao prefeito Evilásio Farias e a empresários que acompanhavam a cerimônia, pedindo prioridade na contratação dos participantes. Aos jovens, recomendou estudo constante: "Quem se preparar para exercer mais de uma profissão dificilmente ficará sem emprego", alertou.

Antes do encontro, o ministro e o prefeito prestigiaram o lançamento do posto de atendimento ao trabalhador do município, centro que irá oferecer emissão de carteira de trabalho, acesso ao seguro desemprego, oferta de estágios e outros serviços à população. Também estão previstos cursos de qualificação em parceria com o Sistema S, conjunto de entidades de ensino profissionalizante do Brasil.

Essa notícia foi publicada no site do Ministério do Trabalho, em 05/07/10.

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/