Huma

Ministro do Trabalho prevê salário mínimo acima de R$ 600 em 2012

Mercado
20/10/2010

 

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, afirmou nesta terça-feira que o salário mínimo será de R$ 606 em 2012, "independentemente de qualquer candidato, por força de lei".

O titular da pasta levou em conta um crescimento de 8% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2010 e uma inflação de 5% em 2011, fatores que entram no cálculo do salário mínimo.

Para 2011, a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) prevê um salário mínimo de R$ 538. Lupi acredita que elevar o valor para mais de R$ 600, uma das principais bandeiras da campanha presidencial tucana, é difícil para o próximo ano.

"Ninguém pode mudar a lei, a menos que por força da maioria. Salário maior que R$ 600 em 2011 é uma questão para o Congresso", afirmou. O ministro vai discutir hoje com centrais sindicais propostas de aumento do salário mínimo.

Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta terça-feira mostram que, de janeiro a setembro, os salários médios de admissão cresceram 5,23% em relação a 2009, descontada a inflação do período, passando para R$ 829,76.

Para as mulheres, o aumento é menor, de 4,64%, ante incremento de 5,52% dos salários dos homens.

Essa notícia foi publicada na Folha de São Paulo, em 19/10/10.

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/