Huma

Para jovens, programa de trainee é fundamental para a carreira

Mercado
03/11/2010

 

Pesquisa apontou que 46% desse público avalia como essencial a experiência desse processo para o futuro profissional

Os programas de trainee passaram a entrar na mira dos jovens que planejam uma colocação no mercado de trabalho. Uma pesquisa realizada pela agência Namosca, especializada em marketing jovem, apontou que 46% desse público avalia como fundamental a experiência de ser trainee.

“Para os jovens, trabalhar em uma grande empresa é sinônimo de status e essa faixa etária dá muito valor à imagem”, conta o sócio da agência, Marcos Calliari. Segundo ele, um jovem chega a participar em média de sete processos seletivos de trainee durante o mesmo ano.

Com o final do ano batendo à porta, esse público já se prepara para alcançar novas oportunidades. Nesse período, por exemplo, mais de 120 empresas abrem vagas para estudantes universitários.

Anseios

O apetite profissional desses jovens não se limita apenas a passar por uma posição de trainee em uma empresa. Eles querem mais. Conforme o estudo, 65% deles, com idades entre 18 e 25 anos, querem atuar em uma empresa sólida com uma marca conceituada no mercado.

“Essa geração já se habituou a conviver com marcas e isso se reflete também nas escolhas de trabalho. Por isso, o programa de trainee atrai tanto”, complementa Calliari.

Esse ímpeto pode ser motivado por um dado preocupante entre os jovens: o desemprego. Na última PNAD (Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio), a taxa de desemprego apurada no Brasil foi de 8,3%.

Evidenciou-se ainda que 16,6% dos desocupados estão na faixa de 18 a 24 anos. “Isso acontece porque há um enorme abismo entre o que as empresas e o que os jovens buscam”, destacou Calliari.

Desafios

Destinados aos jovens recém-graduados, os programas de trainee têm entre um e três anos de duração. Ao longo desse período, o profissional recebe treinamentos, participa de cursos voltados à gestão de carreira, conhecimento de processos de uma ou mais áreas da empresa e gerência de pessoas, fora a remuneração que pode chegar a até R$ 4 mil.

O foco central do programa é preparar melhor o jovem para o mercado de trabalho e moldá-lo para cargos de liderança e gerenciamento de equipes.

Na idade em que o recém-formado chega à empresa, ele já tem a chance, por meio do programa, de crescimento profissional rápido e diversificado, uma vez que ele deverá passar por diversas áreas de uma empresa.

“A grande preocupação é como fazer o jovem ingressar no programa certo e permanecer na empresa de forma engajada”, explica Calliari. “Por isso, cada vez mais empresas investem em comunicação e propaganda nos programas de trainee para atrair o perfil certo”, finaliza.

Metodologia

Os dados foram obtidos por meio de uma pesquisa realizada pela agência Namosca com 729 estudantes das principais universidades do país nas cidades de São Paulo, Ribeirão Preto, Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Salvador.

Essa notícia foi publicada no Administradores, em 28/10/10.

 

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/