Huma

PMEs pretendem contratar mais do que as grandes empresas

Mercado
24/11/2010

 

As PMEs (Pequenas e Médias Empresas) de todo o mundo estão mais otimistas na contratação de pessoal do que as grandes empresas. É o que revela um estudo realizado pela Regus com cinco mil empreendedores de 78 países.

De acordo com os dados, 40% dos empresários de PMEs afirmaram que pretendem aumentar seu quadro de profissionais nos próximos seis meses. Já nas grandes empresas, o indicador é de 36%.

Local de trabalho

A pesquisa indica ainda que os pequenos empreendimentos tendem a ser mais flexíveis quanto ao local de trabalho (76%) do que as empresas maiores (66%). Isto ocorre porque as PMEs buscam atender às necessidades do pessoal para poder reter os melhores profissionais.

Em relação ao Brasil, 56% das empresas são flexíveis quanto à localização do ambiente de trabalho, 56% pretendem aumentar pessoal e 39% planejam contratar mães voltando ao mercado.

“As empresas empreendedoras confirmam seu papel como motores do crescimento, fornecendo o combustível para acelerar o crescimento de seu país”, afirma o diretor-executivo da Regus, Mark Dixon.

Nível de confiança

Ele acrescenta ainda que, na comparação com as empresas em situação estável, os projetos dos empreendedores, devido à sua natureza, estão expostos a um maior nível de risco, são altamente voláteis e mais sensíveis a altos e baixos no lucro e na receita.

Para ele, um indicador relevante na avaliação do nível de confiança a curto prazo é a atitude das PMEs em relação ao aumento de pessoal.

Importância das pequenas empresas

As pequenas empresas exercem um papel importante na economia brasileira. Segundo os dados do estudo, elas são responsáveis por 50% do emprego no setor privado, além de representar 99% dos 5,8 milhões de empresas formais.

“Vemos fortes sinais de que o empreendedorismo está se preparando para um grande impulso de recuperação com investimentos em pessoal. Em vez de reduzir os recursos humanos, as PMEs estão optando por oferecer mais flexibilidade quanto ao local de trabalho e reduzir custos com espaço físico para escritórios, para atrair e recompensar funcionários com grandes talentos, como mães retornando ao mercado de trabalho, que se beneficiarão de um melhor equilíbrio entre trabalho e vida”, finaliza Dixon.

Essa notícia foi publicada no Info Moeny, em 24/11/10.

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/