Huma

Quatro sinais que mostram a hora de demitir um funcionário

Mercado
07/05/2013

Nem todos vão se encaixar com a missão e objetivo da empresa. Manter um profissional na equipe que não está contribuindo positivamente pode enfraquecer a produção da empresa, especialmente aquelas de pequeno porte, em que a cultura do ambiente de trabalho influencia diretamente no sucesso.

O site Business Insider compilou quatro sinais que mostram ao líder a hora de demitir um funcionário. Confira:

1. Não supre as expectativas

De acordo com o site, o gestor não deve dar importância apenas ao esforço do funcionário. Se ele deixa de atender às expectativas da empresa e as do chefe, é hora de tomar alguma atitude, seja conversar para dar outra oportunidade ou demití-lo.

Ele não está só custando dinheiro para empresa, mas está empurrando as responsabilidades para outros colegas, causando estresse dentro do escritório. Uma solução é oferecer a ele um plano de metas a curto prazo. “No entanto, se essa pessoa não melhorar dento do período estabelecido, você deve tomar atitudes mais drásticas”.

2. Não sabe lidar com mudanças

O crescimento é o objetivo, especialmente para as pequenas empresas, em pouco tempo. Se um empregado não consegue manter o ritmo ou se movimentar em direção aos novos rumos da empresa, ele pode se distanciar dela com o tempo. As empresas precisam continuar a evolução para ser bem-sucedida, assim como sua força de trabalho.

"A mudança é inevitável, especialmente em uma empresa em rápido desenvolvimento. Os funcionários precisam estar confortáveis com a mudança e ansiosos para melhorar suas habilidades", disse CEO da Yesware, Matthew Bellows, ao site. "Precisamos manter nossas habilidades em ritmo com a empresa".

3. Falta entusiasmo

É fácil estar motivado nos primeiros meses de trabalho ou quando a empresa ainda não enfrentou nenhuma crise. Mas, ao passar do tempo, as dificuldades vão aparecendo.

"Todo mundo que passa na entrevista de emprego está animado para as oportunidades que virão. Mas precisamos manter, e até aumentar, a nossa motivação nos próximos meses ou até anos", afirmou Bellows ao site. "Não somos motivados o tempo todo, mas valorizamos as pessoas que são apaixonadas pelo nosso trabalho e motivadas a realizar ainda mais".

4. Não se encaixa na cultura da empresa

Na maioria das vezes, os gerentes de contratação estão tão focados em contratar alguém com as habilidades certas para o cargo que esquecem que também é importante contratar alguém que entenda e se alinhe aos objetivos da empresa.

"Muitos gestores falham em escolher as pessoas que têm alta competência, mas não se ajustam à cultural. Este é um erro fatal, pois esta é exatamente a pessoa errada para contratar", apontou o diretor-gerente do Foundry Group, Brad Feld. Para ele, o candidato perfeito se alinha à cultura da empresa e é ambicioso o suficiente para aprender novas habilidades dentro de um curto período de tempo.

 


*Essa dica foi publicada no site InfoMoney, em 06/05/2013

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/