Huma

Recursos humanos são ineficazes para atração de talentos, aponta pesquisa

Mercado
09/12/2013

Em levantamento recentemente divulgado pela Deloitte, foi constatado que apenas 15%, entre as empresas entrevistadas, acreditam na credibilidade dos respectivos departamentos de recursos humanos, no que condiz métricas e análises de talentos. No total de 435 organizações norte-americanas e canadenses, o estudo aponta que 86% se focam na entrega de relatório reativos (56%) ou pró-ativos (30%), enquanto apenas 10% utilizam análises avançadas para mensurar a captação de talentos, e 4% conseguem trabalhar com previsões preditivas nas análises, captando futuros profissionais com maior índice de habilidade e correspondência de valores.

Para Bárbara Teles, gerente de Relacionamentos do 99jobs.com, comunidade de carreiras e empregos voltada ao público jovem, há diversos fatores que contribuem para este cenário no Brasil: os profissionais que atuam na área, em grande maioria, não tem perfil ou habilidade técnica para lidar com este tipo de análise; a cultura de trabalho da área é ainda de execução de processos, faltando uma priorização estratégica para esta perspectiva mais contributiva e macro.

Ainda, naquelas organizações mais desenvolvidas, onde estas análises existem, os dados ficam quase que restritos aos profissionais da área, quando os colegas não atribuem a si a responsabilidade de compartilhá-los em prol da empresa. “Acredito que a grande questão, na verdade, é não só implementar os sistemas inteligentes, utilizando a tecnologia como um parceiro, mas destas ações como prioridades intrínsecas ao poder de decisão de todas as estratégias que envolvem pessoas”, ressalta Barbara.



*Essa notícia foi publicada no site Administradores, em 08/12/2013

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/