Huma

Três razões pelas quais seus funcionários devem estar se despedindo

Mercado
04/07/2012

O sucesso profissional depende muito da relação dos funcionários entre si e com o chefe. Porém, a dinâmica do mercado tem feito com que os colaboradores mudem cada vez mais de emprego em busca de melhores oportunidades de aprendizado e salário. Ao mesmo tempo, uma equipe sólida e entrosada pode ajudar a empresa a crescer, quebrar barreiras e passar por tempos ruins.

Portanto, compreenda por que seus funcinários podem estar deixando a empresa e saiba o que fazer para evitar que eles peçam demissão:

3 razões pelas quais seus funcionários devem estar se despedindo - 1. Você está contratando as pessoas erradas

Como é o funcionário ideal? Às vezes, criamos fantasias dos melhores funcionários: jovem, inovador e criativo, de preferência, que tenha saído de uma ótima universidade. Porém, são estes justamente os mais ambiciosos e prováveis de largar o emprego quando houver qualquer tipo de oportunidade mais vantajosa. Por outro lado, alguém com um pouco mais de experiência pesaria melhor as opções. Portanto, talvez valha mais a pena contratar alguém de uma universidade um pouco menos conceituada, porém com mais experiência. 

3 razões pelas quais seus funcionários devem estar se despedindo - 2. Você não os trata com respeito

Você tem que tratar seus funcionários e assistentes consoante à importância que eles têm para você e para empresa. Se você só os elogia quando ninguém está escutando e dá feedbacks negativos em público, você está praticamente pedindo para que ele saia da companhia. Além disso, não se esqueça de escutar as ideias e opiniões deles. É simples, aproveite o que for bom e, por meio das sugestões ruins, ensine-os por que aquela ideia não é válida. Assim, ele pode aprender e você se beneficiar de funcionários cada vez mais experientes. 

3 razões pelas quais seus funcionários devem estar se despedindo - 3. Você não os conhece direito

Não precisa ser o melhor amigo do seu assistente, mesmo porque isso poderia ultrapassar os limites do profissionalismo. No entanto, é necessário, sim, falar com eles sobre coisas variadas que superem o trabalho e as tarefas que eles devem realizar. Aborde assuntos como "quais são suas ambições, motivações?" (sejam profissionais ou pessoais). Uma vez que você sabe no que eles querem se tornar, ajude-os a construir um caminho para isso. Eles podem ter que deixá-lo neste processo, mas não será tão cedo. Além do mais, você desenvolverá uma reputação de ajudar as pessoas crescerem e isso valorizará a posição para o próximo candidato.

 

Essa notícia foi publicada no Universia, em 28/06/2012

Comentários

X

Receba as principais atualizações do Portal Huma

Fique por dentro das novidades da área de gestão de pessoas. Assine a newsletter do Portal Huma e receba as principais informações da semana!

Enviar

https://www.lg.com.br/