Sala de imprensa

Atento investe R$ 1 milhão em solução de folha de pagamento

Clippings 28/03/2007 Veículo: IT Web


Solução de folha de pagamento ajuda a Atento a reduzir erros a índice perto de zero

Para a Atento, terceira maior empresa do setor privado brasileiro em número de empregos diretos, a gestão dos recursos humano é fator crítico. Desde 2004, a prestadora de contact center do grupo Telefônica vem investindo R$ 1 milhão no sistema de folha de pagamento da LG Informática, incluindo aquisição de equipamentos, infra-estrutura, software, aplicativos e impressoras. A preocupação é clara: a empresa contabiliza hoje cerca de 56 mil funcionários e atua em um segmento com alta rotatividade de empregados. Além disto, a companhia acabou de consumir R$ 60 milhões para inaugurar sua maior central de atendimento.

A Atento trabalha com uma base de 300 mil históricos de funcionários e na folha de pagamento tramitam cerca de 3 mil férias, 3 mil rescisões de contrato e quase 4 mil demissões por mês. Claudemir de Oliveira, gerente de administração de recursos humanos da empresa, justifica que um sistema que viabiliza dentro deste universo e com flexibilidade representa um diferencial para o desempenho das operações. Antes da adoção, a Atento despendia muito tempo com o processamento de sua folha de pagamento, o que impedia um bom aproveitamento das áreas envolvidas e ocasionava maior demanda do trabalho do analista, mais tempo de resposta a solicitações, necessidade de controle manual e desencontro de muitas informações.

Entre 2002 e 2004, a gestão de RH ficou na gestão de terceiros, pois não era uma atividade core. No entanto, quando a Atento voltou a administrar internamente, identificou nos serviços de processamento da folha oportunidades que poderiam dar maior agilidade, resultando melhor qualidade. A empresa de contact center levou quatro meses para ajustar a ferramenta da LG Informática e fazer upgrade a fim de atender às interfaces. Migração da ficha financeira, devido ao tamanho e à quantidade de informações; interface com os demais sistemas e confiabilidade e padronização das informações foram algumas das dificuldades. “A ferramenta está integrada com outros sistemas, a maioria desenvolvida internamente, como de orçamento, planejamento, gestão de pessoas, avaliação de desempenho e ERP”.

Para o funcionamento da solução de folha de pagamento, a empresa usa três servidores, sendo um de aplicação, outro de banco de dados e um de teste. “Utilizamos o servidor de teste para rodar o piloto de módulos novos, como os adotados em novembro de medicina e segurança do trabalho que receberam investimento de R$ 200 mil” , comenta o gerente. Além disso a companhia opera com um servidor de backup, para garantir a segurança das operações.

Oliveira considera que o principal ganho com a adoção da ferramenta é a satisfação dos empregados. “Reduzimos os erros em folhas de pagamentos para um índice de 0,015%. Antes eles chegaram a 2%”, destaca. O sistema ofereceu agilidade no processamento e transmissão de informações.

Agende uma reunião

Entre em contato conosco e aproveite para bater um papo com um de nossos especialistas.

Preencha todos os campos marcados!

https://www.lg.com.br/